.

.

.

5 de setembro de 2010

.


Na cálida textura de um rochedo. Devo gritar
Digo para mim mesma. Mas ao teu lado me estendo
Imensa. De púrpura. De prata. De delicadeza.



(Hilda Hilst - Prelúdios-intensos para os desmemoriados do amor)

(Poesia completa)

.
.

6 comentários:

Franck disse...

Que das delicadezas venham as pratas, purpurinas, leveza...
Bjs*

Isa Soraia disse...

Muito Obrigada (:*

Malu disse...

Que post mais lindo , Su !!!
Nem tem o que se dizer , é só sentir ...

Bjo , amiga querida .

Sil.. disse...

Suzi, sabe qual blog seu eu acho mais bonito???
















TODOS!!


É de encher meus olhos, passar por eles.

Um abração, minha flor!

Sil.. disse...

Suzi, sabe qual blog seu eu acho mais bonito???
















TODOS!!


É de encher meus olhos, passar por eles.

Um abração, minha flor!

disse...

Sereno aqui...precisava disso.

Bjos