.

.

.

22 de janeiro de 2011

.


Aristóteles definiu o homem como um ser racional.
O homem não é racional, e é bom que não o seja.
O homem é 99% irracional, e é bom que seja assim porque, através da irracionalidade,
tudo o que é belo e amável existe.
Através da razão, matemática; através da desrazão, poesia.
Através da razão, ciência; através da desrazão, religião.
Através da razão, mercado, dinheiro, rúpias, dólares; através da desrazão, amor, canção, dança.

Não, é bom que o homem não seja um ser racional. O homem é irracional.



(Osho - Prefácio - O homem que amava as gaivotas)

.
.

3 comentários:

Juliana Luzzi disse...

Concordo plenamente, melhor que nao seja, que não se iniba para mostrar seus sentimentos!

Perfeeito post. Ameeei ;*

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Que coisa lindaaaa!!!o homem tem é que se doar de corpo e alma...ameiii!!desejo á vc.um fds.cheio de amor...bjus queridaa!!

Elô disse...

Sú!!!


Que a desrazão sempre prevaleça!
é nela que encontramos a poesia!!!
e o amor!
Lindo demais!!

Bjsssss

PS. Adorei sua visita viu? amei tudo, os comentários,as dicas, seu carinho, mas o que mais gostei, foi saber que estaremos pertinho novamente.

Te beijo com carinho e ternura
amiga mais linda.