.

.

.

18 de janeiro de 2011

.



As coisas não querem mais ser vistas por pessoas razoáveis:

Elas desejam ser olhadas de azul.



(Manoel de Barros - Livro das ignorãças)

.
.

8 comentários:

Lu Tostes disse...

Ameeeeeeei...

Citarei você... rsrsrs

Beijão, querida sincrônica... :)

Lu Tostes disse...

E sincronicamente...

http://quintaneandoeoutrosgerundios.blogspot.com/2011/01/coisas.html

Beijo. :)

Déya disse...

Tudo que é essencial, não é visto por olhos comuns...

beiJO querida..

AC disse...

O razoável é contrário ao risco, à descoberta...

Beijo :)

Juliana Luzzi disse...

Perfeito esse post. *-*

Sensibilidade a flor da pele

Beeijos.

*Erika Rayana! disse...

ameiii. é lindooo...

bejinnn

gabs disse...

Faço minhas as palavras de Déya.
Já disse o quanto admiro teu blog?

LUZIA disse...

Ops, rss

Lindo Suuu !!

Beijos