.

.

.

6 de janeiro de 2011

.

Ou confiamos no amor, ou ele deixa de existir...



Você está diante de mim, com os olhos abertos.
Prontos para que eu escreva livremente sobre eles. Tudo.


(Roberto Freire - Cleo e Daniel)

.
.

9 comentários:

Sαbrinα Frehí disse...

Singelo, lindo!

Juuh Nascimento disse...

Sempre postando coisas lindas para se ler.. é muito bom visitar esse seu cantinho.. Bjss

Renata Fagundes disse...

que seja um texto de amor...

beeeeeijo Suzi

Lia Araújo disse...

Essses olhos me condenam!
te abraço querida!

AC disse...

Amor sem confiança tem os dias contados. Se é que alguma vez chegou a ser amor.

Beijo :)

Lu Tostes disse...

Eu te acheeei, Dona Moça! Tão liiiindo... já estou seguindo teus passos... e esperando pelos ventos Clariceanos... rs :)

Déya disse...

E como isso é bom...
escrever pra quem amamos..
de quem amamos..

beijO..
Uma linda tarde..

Deni disse...

aaah, a confiança, tão difícil conquista-lá e segundos para perde-lá..

beijo :)

Alice disse...

O amor... Coisinha que tira nosso sossego, mas nao vivemos sem ele.
Perfeito amiga!

Beijoo