.

.

.

31 de julho de 2010

.


É preciso cuidado com o arisco, senão ele foge.
É preciso aprender a se movimentar dentro do silêncio e do tempo.


(Caio F. Abreu - pela noite)

.
.

7 comentários:

ErikaH Azzevedo disse...

Aiiiii...se fosse fácil...sou muito mais feita do que foge , arisca , arisca, tanto, mas tanto que as vezes até de mim me perco.

Bjinhos Su minha, menina mais linda.

Erikah

ErikaH Azzevedo disse...

Aiiiii...se fosse fácil...sou muito mais feita do que foge , arisca , arisca, tanto, mas tanto que as vezes até de mim me perco.

Bjinhos Su minha, menina mais linda.

Erikah

Lia Araújo disse...

Caio sapientíssimo!

bjos querida
bom FDS

Carla Cambiaghi disse...

Como sempre escolheu um belo trecho dos textos do Caio F. Abreu.
Adoreei!

Ótimo domingo,
Grande beijo
http://elefantedeporcelana.blogspot.com

Alice disse...

Ainda não consegui essa façanha,
acho que faço tanto barulho que o arisco foge a léguas.

Tudo lindo por aqui amiga, como sempre.

Montão de beijos

Alice disse...

Só para dizer que tem selinho para você!

Beijo.

Carla Cambiaghi disse...

Selinho pra você no meu blog!

Grande beijo.
http://elefantedeporcelana.blogspot.com